Por que pacientes oncológicos devem se vacinar?
Por que pacientes oncológicos devem se vacinar?
29 de setembro de 2017
gettyimages-518959596
Quais são os benefícios do aleitamento materno?
7 de novembro de 2017

Vacina Rotavírus: Qual a importância?

vacina rotavírus

O rotavírus é da família Reoviridae, que causa diarreia grave, frequentemente acompanhada de febre e vômito. Atualmente é considerada um dos mais importantes agentes causadores da Gastroenterite. A vacina é feita de um vírus vivo, que irá combater a gastroenterite, a principal causadora do rotavírus. Ela deve ser aplicada em duas doses, por via oral.

Mas por que a vacinação é tão importante?

Tomar a vacina do rotavírus, significa evitar e amenizar os sintomas desenvolvidos por esse vírus. A sua transmissão é feita por meio do compartilhamento de objetos pessoais, brinquedos e também em ambientes públicos, onde o vírus se aloja. Outra forma de se contrair é através da ingestão de água e alimentos contaminados com excreção respiratória infectada, que podem ser expelidas por um simples espirro.

A vacina é contraindicada para as crianças que apresentam hipersensibilidade a algum dos seus componentes, por isso é indicado observar as reações após a primeira dose. Os efeitos colaterais como diarreia, vômito, coriza, dor de garganta, e até mesmo coceira e manchas vermelhas pelo corpo são reações de hipersensibilidade a alguma substância contida na vacina. Neste caso, deve-se informar o pediatra, para que a segunda dose não seja repetida. No caso de bebês que vomitaram ou cuspiram após a ingestão da vacina, não deve-se tomar a dose novamente. O medicamento tem uma rápida absorção pelo organismo, por isso não é necessário uma nova dosagem. Lembre-se que a vacina não deve ser utilizada por crianças fora da faixa etária indicada.

Também não é indicada para crianças que façam uso de medicamento imunossupressor, como tratamento com corticóides ou quimioterápicos. Para o caso dos bebês que nasceram com má formação no trato digestivo, invaginação intestinal ou apresente a doença gastrointestinal crônica, também não é recomendado, devendo ser suspenso e acompanhado pelo pediatra.

No entanto, um fato muito importante e que todas as mamães devem ter ciência, é que toda criança até os 5 anos de idade pelo menos uma única vez contrairá o vírus, apresentando sintomas mesmo que vacinada. Poré, devido à imunidade da vacina, os sintomas serão mais brandos. Como é uma doença viral, infelizmente mesmo com todos os cuidados é inevitável o contagio. No caso da diarreia e vômitos severos, um médico deve ser procurado imediatamente

Referências

https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/hospital/especialidades/centro-imunizacoes/Paginas/vacina-rotavirus.aspx

https://www.trocandofraldas.com.br/vacina-rotavirus-qual-sua-importancia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *