Sexagem Fetal

A partir da 8ª semana de gestação
você já pode descobrir se é menino ou menina.
Planeje a chegada do seu bebê!


Dúvidas sobre Sexagem Fetal


Preparo para o exame

Não precisa estar de jejum ou outro preparo para fazer a coleta

Coleta do Exame

Como numa coleta simples de sangue, será coletado 3 a 4ml de sangue da futura mamãe por uma enfermeira habilitada.

A partir de quantas semanas de gestação?

O exame pode ser realizado a partir de 8 semanas de gestação

Precisa de solicitação médica?

O exame não precisa de Guia Médica, pois se destina apenas para verificação

O exame é confiável?

Sim, com probabilidade de 99,99%


* A Mãe não pode ter recebido transfusão de sangue
* A Mãe não pode ter recebido transplante de órgão

Técnica

O teste é realizado através da análise do DNA fetal presente no sangue da mãe, pela técnica PCR (Reação em Cadeia de Polimerase), isto é, a amplificação do DNA

Durante a gestação existe a passagem de uma pequena quantidade de células fetais para o sangue materno. O exame revela o sexo fetal por um procedimento não-invasivo e sem riscos, pois requer apenas a coleta de uma amostra pequena de sangue da mãe

A enorme sensibilidade da PCR em Real Time permite detectar pequenas quantidades de DNA fetal presente no plasma materno

O exame de sexagem fetal é capaz de detectar a presença do cromossomo Y (cromossomo masculino), no sangue da mãe

Constando o cromossomo Y ou cromossomo Y positivo, o resultado será Menino

A falta do cromossomo Y ou cromossomo Y negativo, o resultado será Menina

Hoje com o método moderno, com uma pequena amostra de sangue e em 5 dias úteis após a amostra chegar no laboratório, você irá descobrir o sexo do seu bebê

Sexagem Fetal na Gravidez de Gêmeos


Se o resultado do teste constar o cromossomo Y (Menino), indica que pelo menos um dos gêmeos é Menino

Se o resultado do teste constar a falta do cromossomo Y, indica que ambas as gêmeas são Meninas

Observação:

Pela sexagem fetal não invasiva, não é possível afirmar que numa gravidez de gêmeos, os bebês são dois Meninos, pois no resultado existem ambos cromossomos X (Menina) neste caso a Mãe e Y (Menino)

Já no caso de gravidez de gêmeos Meninas podemos identificar facilmente, pois o resultado do teste irá constar a falta do cromossomo Y



Saiba mais sobre o exame


O exame de sexagem fetal por meio da análise do sangue materno só foi possível após a descoberta pelo cientista chinês Dennis Lo de que fragmentos do DNA do feto circulam pelo sangue da mãe. Este DNA livre circulante do feto, além de muito fragmentado, representa apenas uma fração diminuta do DNA total presente no sangue, o que dificulta sua análise. Conforme a gravidez avança, a porção do DNA fetal no sangue materno também aumenta.
Por essa razão, quanto mais avançada a gestação maior será a probabilidade de acerto do teste. Na análise do plasma (parte líquida do sangue), procuramos detectar a região situada no cromossomo Y chamada SRY (região que determina o desenvolvimento dos genitais masculinos nos mamífero). Com a detecção dessa região, podemos afirmar que o feto é de um menino, se não a detectarmos concluímos que seja uma menina. Dessa forma, conseguimos determinar o sexo do seu bebê com grande precisão e segurança.