baby-boy-girl
O que eu preciso saber sobre sexagem fetal?
25 de setembro de 2017
vacina rotavírus
Vacina Rotavírus: Qual a importância?
6 de outubro de 2017

Por que pacientes oncológicos devem se vacinar?

Por que pacientes oncológicos devem se vacinar?

Os pacientes com câncer e em tratamento contra a patologia são considerados imunossuprimidos e mais propensos a maior número de infecções. Nos pacientes em tratamento com quimioterapia, a imunossupressão é ainda maior.

Para que você possa entender melhor, iremos explicar os dois tipos de vacinas existentes: as atenuadas e as inativas. As vacinas atenuadas são constituídas por microrganismos, obtidos por uma seleção das cepas naturais atenuadas em meios de cultura especiais, provocando desta forma, uma infecção similar, porém mais branda. Desta forma, são contraindicadas para os pacientes imunodeprimidos, pelo risco de desenvolverem a doença após a vacinação. Nos casos de pacientes portadores de câncer, mas que não estejam em tratamento, devem ser individualizados.

As vacinas inativas são compostas por microrganismos não vivos ou em suas frações, que não se replicam e nem provocam a doença subclínica. Essas vacinas podem ser administradas com segurança na população imunodeprimida. Geralmente é necessário mais de uma dose para poder conferir a imunidade, isto acontece, pois os pacientes que estão em quimioterapia, a sua imunidade fica tão baixa, que muitas vezes o organismo não será capaz de reconhecer a vacina e não terá o efeito de proteção. Por isto, para ela ser eficaz é necessário aplicar a vacina 3 semanas antes do início da quimioterapia ou 1 mês após o termino do tratamento. Neste caso, pode ser necessária doses de reforço.

Em relação a vacina contra o pneumococo, a bactéria causadora da pneumonia, bacteremia e meningite, é indicada para pacientes imunodeprimidos. As pessoas com algum grau de imunossupressão apresentam um risco de 23 a 48 vezes maior em desenvolver doença pneumocócica invasiva do que em indivíduos saudáveis.

Para te ajudar a saber quais são as vacinas atenuadas e inativas, montamos uma tabelinha com as principais. Veja abaixo:

vacina na oncologia

Referências

http://falandosobrecancer.com.br/vacinacao-em-pacientes-com-cancer/

http://sbim.org.br/images/files/guia-sbim-asbai-151110-bx.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *